HORTA E COMPOSTAGEM

Com vistas a realizar atendimento mais amplo e eficiente às escolas interessadas na criação de hortas escolares e compostagem, SMED e SUSAN (Subsecretaria de Segurança Alimentar e  Nutricional) construíram um plano de ação pautado nas seguintes atribuições e procedimentos: 

 

Cabe às ESCOLAS MUNICIPAIS definir e apoiar os educadores responsáveis pela horta, compostagem,  agrofloresta e quaisquer outros sistemas agroecológicos, investindo para que prosperem e superem os desafios inerentes a essas atividades. Os educadores são entendidos como polinizadores e devem envolver o maior número de atores na busca do sucesso e perenidade dessas ações na escola. É de responsabilidade da escola providenciar: ferramentas, capina, canteiros, terra, plantio e manutenção. 

 

Cabe à SUSAN realizar as formações dos educadores; prestar atendimento técnico e fornecer mudas e adubos para a criação e manutenção das hortas. 

 

É de responsabilidade da SMED realizar os agendamentos; receber as demandas das escolas e encaminhá- las à SUSAN; desenvolver o acompanhamento pedagógico. 

PARA PARTICIPAR DO PROJETO HORTAS E COMPOSTAGEM O PRIMEIRO PASSO É REALIZAR O CREDENCIAMENTO.

CLIQUE  ABAIXO

ATENÇÃO: O credenciamento de 2020 está aberto até 30 abril e somente as escolas cadastradas serão atendidas.

Somente as escolas cadastradas serão atendidas.

Somente as escolas cadastradas serão atendidas.

EM HELENA ANTIPOFF.jpg
EM RUI DA COSTA VAL 1.jpg
EM RUI DA COSTA VAL 2.jpg

SUA INSTITUIÇÃO ESTÁ COM ALGUM PROBLEMA OU DÚVIDA TÉCNICA RELACIONADO À HORTA/COMPOSTAGEM? VOCÊ PODE DESCREVER O PROBLEMA OU AGENDAR UMA VISITA  PARA ORIENTAÇÃO AGRONÔMICA. 

Biofábrica de Joaninhas e Crisopídeos da Secretaria de Meio Ambiente da Prefeitura de Belo Horizonte, situada na "Casa Amarela", no Parque das Mangabeiras, é um ambiente controlado para realizar a criação destes insetos conhecidos no meio como "amigos naturais" por realizarem de forma biologicamente correta, sem uso de agrotóxicos, o controle de outros organismos que atacam hortas, plantas em quintais, jardins e árvores. Sua liberação, sobretudo na fase de larva, proporciona a manutenção da biodiversidade e a proteção da vida humana por meio do fomento de sistemas mais equilibrados e sustentáveis.

Sem_título_1.jpg